sábado, 22 de janeiro de 2011

O do costume...


Noite de sexta-feira. O Mundo à minha volta muda... Enquanto isso acontece, eu sento-me na cadeira do costume, tapo-me com a manta do costume e penso no mesmo... Do costume. Sinto o cheiro a diferenças, a mudanças… Fico sossegada a apreciar as pessoas, a rotina do quotidiano... Enfim. Espero, mas nada alcanço.

Nada mas nada acontece comigo. Fico apenas parada no tempo e quando dou por mim… fico para trás, enquanto os outros vivem.

A melancolia dos dias apodera-se de mim e transforma-me em gelo. O ambiente é de tal forma frio que jamais se derrete… Nem o bafo quente do chá que bebo quebra o gelo.

A harmonia do amor… Esse há muito que não me bate à porta.

É uma autêntica monotonia estar aqui.

Vou abrir a janela e ver as estrelas.

(Dedicado à Lara que me inspirou profundamente c(:')

39 comentários:

Rita disse...

Que texto giro :)

Maria Sousa disse...

Hum... estará mesmo tudo igual? Eu acho que não.
O que nos faz sentir esta melancolia é a rotina dos dias. É sempre a mesma coisa, sempre as mesmas pessoas, sempre os mesmos horários... e as vezes a única coisa precisa é uma mudança.
Mudança a qualquer nível.
Repara bem em ti, no teu interior e vais ver que... algo estará diferente... ;)
O texto está fantástico. Adoro o vocabulário que utilizas. E mais uma vez, parabéns!
Continua :)

Juuh Nascimento disse...

Que lindas as escritas, embora essa seja tirste!

Deixo aqui uma frase de Marla de Queiroz:
'Seja forte, siga em frente, respire fundo, e perceba a importância de se ter braços vazios, pra que se possa ter espaço em si para abraçar o mundo.'

Obrigada pela sua visita, fiquei muito feliz!
Te seguindo aqui tbm!

Bjs, e seja bem vinda ao meu cantinho.

Sara disse...

Mais um para a colecção de muitos mais...
Bonito :bb nunca pares de escrever porque tu tens um talento enorme beijinho (:

Lara Ferreira^^ disse...

Bébé, tantos risos tantas palavras bonitas, tantas figuras tristes, tantos risos maléficos, tantos gozos, etc.... se fosse dizer tudo o que já passamos juntas passava aqui o dia...
quada passo que dás parece que é um contributo para a nossa amizade ir mais além... Não consigo explicar como é que me "apaixonei" por ti de um momento para o outro, mas não me arrependo nada muito pelo contrário!
Já confidenciamos muita coisa uma a outra, numa das conversas inspirei.te para este texto, que desde o momento que li apaixonei.me!
Cláudia obrigada por tudo e quero que saibas que espero que a nossa amizade seija daquelas, não de sempre mas para sempre!! <3

Cláudia Matos disse...

Ainda passaremos mais :p
Amei *.*
E também quero ver um dia um texto teu... já te disse, tens jeitinho :)

Patrícia disse...

Obrigada pelo comentário, querida. Também gostei muito do teu blog :) Continua*

Raquel disse...

Temos estado distantes mas mesmo assim não deixo de pensar em ti e de gostar de ti. Já à muito tempo que não vinha ao teu blog mas agora que vim, acho que vou passar a vir mais vezes. Fiquei chocada (no bom sentido)com aquilo que lí. Tens muito jeito... Nunca desistas porque os teus textos e os teus poemas são muito bons.
Adorei.
Jocas

Renata Arcoverde disse...

Claudia, lindas palavras embora tristes!
"Tente de novo: respire fundo, feche seus olhos, e acredite." -- Lewis Caroll
Ah, obrigada pelo comentário, te seguindo =]

PauloSilva disse...

Amas mesmo o meu blogue? :$ Que bom saber!
Ainda bem que gostaste do meu post :b

Adorei este teu post, tem um ar melancólico mas que me embala na esperança de que algo mude :)

PauloSilva disse...

Há sempre uma vez para tudo.
Este relembra-me momentos que tenho *

makako disse...

Adorei klaudia ta lindo
Kontinua assim
Ass: fã nº2

Soraia B. disse...

Lindo (:

Sim foi uma noite muito bem passada :P

nena disse...

muito obrigada simpatia ;p

Há quem se aborreça com a monotonia, mas eu quando a tenho agarro-a ao máximo e saboreio cada momento, porque a minha vida é uma inconstância total. Apesar da melancolia, ás vezes sabe bem isolar o nosso próprio mundo e permanecer em nós; Colocar os headphones e deixar a música apoderar-se de nós; Fechar os olhos e saborear um golo de chá e sentir o calor descer , o coração aquece e quase que alivia todos os pensamentos difíceis de entender :) *

MAILSON FURTADO disse...

Belo post!

Belo blog...

Parabéns, muito bom!!!

Convidaria vc a conhecer minha poesia..
Ficaria feliz demais!!! http://mailsonfurtado.com

Jéssica disse...

Tão lindooo!
Amei :D

Continua beijinhos

yasmim disse...

muito obrigada querida :$
pois, faz-nos pensar não é?

Alguém... disse...

Obrigada :)
Mas tenho que retribuir o elogio e seguir-te também.
Gostei muito, beijinho*

Alguém... disse...

E agora? :)

nena disse...

de nada ;p
pois é, adoro a música ! descobri a banda a partir de um livro que estava a ler, onde aparecia um pouco da letra da música "closer" *

Filipa disse...

' muito obrigada querida :)

Mark disse...

Obrigado pelas tuas palavras. Também gostei imenso do post. :) Tens uma escrita muito doce e suave. :)

Sigo o teu blogue com todo o prazer. :)

lots of love ^^

Gilda Maria disse...

Já sabes o que eu acho dos teus textos.
Brutal. *.*

Mark disse...

Tu também és muito simpática. ;)

PauloSilva disse...

Que exageeeeeero minha querida $:
Mas obrigado *

A extensão do pensamento. disse...

Muito obrigada querida (:

Soraia B. disse...

Eu gosto da voz dos dois :P

Sarah disse...

Ohh, obrigada querida. Vou seguir também, beijinho :)*

Soraia B. disse...

Lá isso é :P
E é tão querida!

Soraia B. disse...

Eu também não vejo a imenso tempo mas partia-me a rir com algumas cenas que ela fazia ou dizia.

Soraia B. disse...

Eu achava imensa piada a esses jogos. Eu gosto de tudo porque ela parece bastante genuína. E também gosto da Oprah mas acho a Ellen muito mais verdadeira.

Mark disse...

Oh, obrigado. ^^

PauloSilva disse...

És uma querida *

Soraia B. disse...

Concordo plenamente contigo :D

Mamã do Príncipe Pipoca disse...

Isto é engraçado, quando podia ter momentos assim, não gostava, agora que são raros tenho saudades deles...

BloodyDarpside disse...

Adorei o post :3
E concordo plenamente contigo... Às vezes pergunto-me como é que todos os outros têm tantas histórias e novidades para contar, enquanto que eu... No máximo conto uma anedota, ou falo de um livro bom que li.
Enfim... É questão de esperar, e ver se cai algo de interessante neste poço de monotonia :D

Anónimo disse...

Adorei!
tenho muito orgulho que sejas da minha turma e pricipalmente minha amiga =D

CatarinaRaquel disse...

obrigada querida (:
também te sigo*
gostei do blog :b

Isabella Pereira disse...

uau.. esta lindo (:
sabes bem que escreves muito bem e que adoro os teus textos ... continua assim :D