terça-feira, 17 de julho de 2012

Nada vai parar, apenas nós

No dia em que morrermos o mundo não vai parar só porque o nosso coração também parou. Que ideia é que certas pessoas têm que no dia em que morrerem a maioria dos outros humanos vai deixar de fazer o habitual? É um absurdo. As crianças vão continuar a crescer, a ir à escola, a brincar. Continuarão a ir ao cinema, a concertos, à praia, a cair e a magoar-se... As pessoas continuarão a chorar e a rir, a ir trabalhar, a procriar e a envelhecer! Os dias de sol virão e os de chuva também aparecerão. O mundo continuará a evoluir e as mentalidades a mudar. Continuará a existir sem-abrigos, pobreza, corrupção, inveja, felicidade, amor e bondade.

Nada vai parar, apenas nós.

19 comentários:

Pedacinhos de mim disse...

Intensas as palavras, para quem parte o mundo pára, para quem fica o mundo continua, para uns mais pesadamente, para outros igual a todos os dias. Com isto vemos a insignificância que temos, com isto vemos que os dias dão e tiram mas o melhor é aproveitar cada momento, viver cada história, agarrar cada vontade. Gostei muito. Um Beijo :)*

SuperSónica disse...

Ora lá está a vida continua...
Por isso é que temos de aproveitar ao máximo, porque quando morrermos não levamos nada!

Manuel Luis disse...

Este Planeta, é o local ideal para se nascer, alimentar, crescer e morrer. Enquanto isso devemos desfrutar de toda essa vida, deixar o planeta mais limpo.
Abraço

Bárbara Silva disse...

Ainda bem :))

PauloSilva disse...

Há que lutar por nós próprios. Isso basta.

inês disse...

é o que vou continuar a fazer!
o teu texto retrata exatamente aquilo que não gosto de pensar, mas a verdade mais pura

Alma de adolescente disse...

Adorei o texto. Nunca tinha pensado dessa forma. De facto, nada desaparece. Só a nossa presença.
*desculpa a pergunta do outro dia, mas pensava que me conhecias, ahah. Beijinhos grandes

Mark disse...

A vida continua, incessantemente. Sempre será assim. Nós somos apenas pequenos pedaços que se movimentam durante umas décadas!

:*

Soraia disse...

Pois é, a vida continua para quase todos. Quando um pai perde um filho algumas vezes a vida também acaba para eles porque as vezes não ficam cá muito mais tempo.

Filipa disse...

Mas custa tanto, nunca pensei que custa-se desta maneira, lembro-me dela todos os dias *

Palco do tempo disse...

Boa semana **

Soraia disse...

Amanhã já lá estão as comprinhas todas :p

Pedacinhos de mim disse...

Não sei como agradecer as palavras que me deixaste. Um Beijo grande :)*

Bárbara Silva disse...

São muito giras :)

Bia Filipa disse...

gosto muito querida. estou a seguir (:

Vanessa Gonçalves disse...

Nem mais...adorei querida:)

MissApuros disse...

É mesmo verdade. Adorei este texto. bjinhos

Filipa disse...

Faz-me mesmo confusão pensar na morte mas penso que estás certa em tudo que escreveste.
pontasdeternura.blogspot.com

barulhos disse...

o homem morre, mas a ideia prevalece...